15 benefícios inesperados de parar a masturbação

Table of Contents


Introdução

A falta de autocontrole levou muitos à destruição. Muitas pessoas estão cientes desse método destrutivo, mas não conseguem pará-lo devido ao vício.

Alguns desconhecem a destruição e pensam nela como um alívio do stress, mas este equívoco será muito perigoso, pois nem todas as coisas que proporcionam felicidade e alívio são boas.

Deve ficar claro para muitos de vocês que estou discutindo os resultados prejudiciais da masturbação excessiva. Masturbação excessiva tem um impacto na aptidão emocional de alguém.

O uso de pornografia é o principal aspecto por trás dessa prática prejudicial. A dopamina das pessoas aumenta quando assistem pornografia, o que alivia a ansiedade e as faz sentir alívio.

Como observado anteriormente, nem tudo que alivia o estresse é benéfico porque há muitas repercussões desfavoráveis ​​na vida cotidiana de uma pessoa.

O que pode variar desde causar efeitos psicológicos, como confusão mental, culpa e ansiedade, até causar tensão sexual, como ejaculação precoce e menos interesse em relacionamentos reais.

Portanto, abandonar esse vício é a única opção para se proteger dessa consequência nefasta e experimentar alguns resultados favoráveis ​​na vida sexual, na saúde mental e no bem-estar emocional.

Por esse motivo, adicionamos este artigo no qual discutiremos as influências prejudiciais da masturbação na saúde corporal, intelectual, social e emocional, além de como interrompê-la.


Os efeitos físicos de interromper a masturbação 

Vamos começar discutindo o impacto da masturbação na saúde física, incluindo como ela afeta o humor, os níveis de sêmen e o tipo de dados dopamina e outras funções do corpo, e como parar de fumar pode ajudar.

o que acontece se você parar de se masturbar


A. Mudanças nos níveis hormonais 

O endócrino produz uma substância química chamada hormônio, que afeta nosso crescimento, humor, metabolismo, etc., e é muito essencial. A masturbação excessiva afeta esta substância química essencial produzida pelo sistema endócrino.

o que altera o humor de uma pessoa, fazendo-a sentir-se desmotivada e ansiosa. Abaixo está uma explicação detalhada de como a masturbação devido a o vício em pornografia leva a uma mudança no humor da pessoa.


1. Diminuição dos níveis de dopamina e endorfinas 

É natural que uma pessoa se masturbe enquanto assiste pornografia; entretanto, essa masturbação imoderada pode causar problemas de sensibilidade. Ou seja, se alguém se masturba com muita frequência, seu cérebro começará a se acostumar com a dopamina e as endorfinas liberadas, fazendo com que ele se sinta insensível.

Uma pessoa que não consegue obter prazer sexual começará a perder a superficialidade, levando à desmotivação e à tensão. Então, se você não quer que seu cérebro se acostume com a liberação imoderada de dopamina e endorfinas, parar de se masturbar irá ajudá-lo.

Se você se masturba com frequência, isso pode ajudá-lo a recuperar a sensibilidade; Se você não estiver sentindo insensibilidade, isso o ajudará a evitar esse problema.


2. Possível efeito no humor e na motivação 

A masturbação excessiva desempenha um papel crucial nas oscilações de temperamento e na motivação porque uma pessoa que se masturba sente um sentimento de culpa e tem dificuldade em satisfazer sua satisfação sexual, levando à desmotivação.

Estudos afirmam que alguém que para de se masturbar por 7 dias relata aumento nos níveis de testosterona. Então, se você quiser ver um aumento em seu níveis de testosterona e se defender de se sentir desmotivado, então você terá que se libertar do vício da masturbação.


B. Efeitos no sistema reprodutivo 

Até agora, discutimos os potenciais efeitos colaterais da masturbação no nível hormonal. Agora vamos discutir os potenciais efeitos colaterais da masturbação excessiva no sistema reprodutivo. Discutiremos como esse vício afeta os desejos sexuais e leva à disfunção sexual. Também discutiremos como isso leva à infertilidade, reduzindo a contagem e a qualidade dos espermatozoides.


1. Disfunção erétil 

Disfunção erétil

Disfunção erétil é um problema muito sério porque uma pessoa que sofre com isso não consegue manter a ereção, ou seja, não consegue erguer ou erguer antes do tempo, o que causa insatisfação na vida sexual.

A masturbação excessiva pode levar a esse problema, então se você quer manter sua ereção e não quer sofrer de insatisfação sexual, então você tem que abandonar a masturbação.


2. Mudanças no volume e na qualidade do sêmen 

Foi constatado que uma pessoa que se masturba com frequência diminui as chances de fertilidade, pois a masturbação excessiva leva à diminuição da qualidade e da contagem dos espermatozoides.

Então, se você quiser ver seus filhos, sugiro que comece a praticar a retenção de sêmen, porque se não começar agora, poderá começar a enfrentar uma diminuição na contagem ou na qualidade dos espermatozoides, o que levará à infertilidade.


Os efeitos emocionais de parar a masturbação

O bem-estar emocional é muito importante para qualquer indivíduo levar uma vida melhor, e parar a masturbação pode contribuir para isso. Abaixo estão os detalhes de como parar a masturbação contribui para o bem-estar emocional de um indivíduo.


A. Impacto na clareza mental e no foco 

Impacto na clareza mental e foco

Uma pessoa que pratica masturbação excessiva sofre um impacto negativo em seu foco e clareza; ele começa a perder seu poder de decisão, o que o leva a questionar sua sanidade. Abaixo está uma visão geral de como compulsiva a masturbação leva a um declínio na concentração e no poder de tomada de decisão.


1. O papel da dopamina na função cognitiva 

Todos sabemos que quando uma pessoa vê pornografia, o seu cérebro liberta dopamina, mas muito poucos estão conscientes da importância de equilibrar a dopamina, pois um desequilíbrio de dopamina pode levar a uma capacidade reduzida de tomar decisões ou resolver qualquer problema.

Portanto, se você quiser manter sua função cognitiva funcionando corretamente, terá que deixar esse vício para trás, ou então, no futuro, poderá não ser capaz de tomar decisões sensatas.


2. Potencial melhoria na concentração e produtividade 

Uma pessoa viciada em masturbação pensa nisso a maior parte do tempo, o que leva à redução do foco e da concentração, também conhecida como névoa cerebral. Essa concentração e foco reduzidos afetam o dia a dia do indivíduo, pois ele passa a tirar notas baixas nas provas por falta de concentração.

Ou são incapazes de concluir tarefas relacionadas ao trabalho, levando à baixa produtividade. A masturbação excessiva pode reduzir esses efeitos negativos e ajudar a pessoa a obter mais clareza e foco em sua vida.


B. Efeitos na autoestima e na imagem corporal 

Muitas pessoas acreditam que a masturbação leva à autodescoberta, o que não é errado, pois as pessoas que se masturbam passam a compreender o seu corpo, mas o que desconhecem é que a masturbação excessiva leva à baixa autoestima e a pensamentos negativos sobre a sua imagem corporal.


1. A influência de fatores culturais na autopercepção 

O mundo se desenvolveu muito, mas ainda assim, é constante o pensamento retrógrado de que sexo e masturbação não são bons e que tópicos relacionados a eles não devem ser discutidos abertamente, pois as pessoas começarão a julgar você.

Essas concepções levam a um sentimento de culpa e de marginalização entre os indivíduos que praticam a masturbação. Então, se você não quer viver a vida inteira com culpa e se sentir um pária, abandonar esse hábito é a única escolha que lhe resta.


2. Potencial aumento na confiança e na aceitação do corpo 

Os viciados em pornografia geralmente não querem socializar, pois passam todo o seu tempo livre assistindo vídeos pornográficos e se masturbando. Isso leva não apenas a expectativas irrealistas dos outros, mas também de si mesmos.

As expectativas geralmente são sobre figura, tamanho, prazer, etc., que geralmente não são atendidas, deixando os viciados desmotivados consigo mesmos. Então, se você não quer perder a confiança e aceitar as características do seu corpo, é preciso abandonar esse vício.


Os efeitos sociais e de relacionamento de parar a masturbação 

A masturbação não afeta apenas o estado físico de uma pessoa, mas também afeta suas relações sociais, afetando negativamente seu desejo e energia sexual. Abaixo está uma visão detalhada dos efeitos negativos da masturbação e como interrompê-la pode ajudar a evitá-los.


A. Mudanças no desejo e comportamento sexual 

Uma pessoa viciada em masturbação experimenta muitos efeitos negativos em seu desejo e comportamento sexual, que podem variar desde a ejaculação precoce até a falta de interesse em relacionamentos reais. Abaixo está uma visão detalhada de como a masturbação leva à ejaculação precoce e outras deteriorações da saúde sexual.


1. Potencial aumento na energia sexual e no desejo por experiências da vida real 

Uma pessoa envolvida em masturbação pode ter expectativas irrealistas em relação ao sexo, o que pode levar ao não desejo de um relacionamento sexual real, o que é muito prejudicial.

Então, se você quer perder o interesse pelo mundo real e viver em um mundo onde você não consegue nem expressar seus pensamentos e necessidades, então você pode continuar se masturbando, mas se não, então comece sua jornada em direção ao nofap agora.


2. Impacto nos relacionamentos e na satisfação sexual 

A masturbação excessiva leva à diminuição dos desejos sexuais, o que pode ser devido à imaginação que os viciados construíram ou à disfunção erétil.

Então, se você não quer ter uma vida sexual ruim e ficar longe da ejaculação precoce, basta deixar a masturbação, pois se você deixar, poderá escapar desses efeitos negativos e melhorar sua vida sexual.


B. Influência nas conexões interpessoais 

A masturbação excessiva afeta a conexão interpessoal entre as pessoas porque começa a fazer com que os viciados se sintam solitários e mal amados e quebra a conexão social, levando a uma vida isolada. Abaixo está uma visão detalhada de como isso afeta as habilidades interpessoais e como interrompê-lo pode ajudar.


1. Mudança de foco da autogratificação para a interação social 

Pessoas que assistem pornografia e se masturbam começam a perder autoconfiança; deixam de interagir com as pessoas por medo de serem julgados, o que os leva a uma vida monótona e isolada.

Se você não quer viver uma vida monótona e manter sua autoconfiança sob controle, experimente abandonar a masturbação, pois no momento em que a pessoa começa a tentar abandonar esse vício, sua autoconfiança começa a aumentar.

Porque ele está tentando algo para melhorar a si mesmo, isso aumentou sua autoconfiança. Agora ele pode até participar de uma reunião social e falar o que pensa, já que não precisa viver uma vida culpada.


2. Potencial melhoria na comunicação e intimidade 

Uma pessoa que não tem autocontrole sobre si mesma nunca poderá se sentir digna, e é por isso que as pessoas que se masturbam sempre se subestimam.

Eles sentem que não conseguem nem se controlar, então como irão controlar qualquer outra situação? Esse pensamento faz com que se sintam distantes dos outros e tenham medo de falar sobre si mesmos.

Mas assim que param com esse hábito de masturbação, eles começam a perceber seu verdadeiro valor e têm uma mudança positiva em si mesmos. Agora eles pensam que se eu conseguir superar esse vício, então não haverá outra força que possa impedi-los de alcançar qualquer um dos seus objetivos.


Os efeitos mentais de parar a masturbação 

A saúde mental de um indivíduo é afetada negativamente pela masturbação, pois pode levar ao vício. Ansiedade, tensão e tristeza resultam do aumento do isolamento e da diminuição da socialização desse vício. Uma extensa explicação de como a masturbação excessiva causa estresse, ansiedade e depressão é discutida abaixo.


1. Durma menos.

Quem assiste pornografia à noite corre o risco de não dormir o suficiente, pois a masturbação provoca uma alteração hormonal no corpo que torna o indivíduo mais ativo.

Portanto, você deve parar de se masturbar e se concentrar na sua saúde física e mental, pois a privação do sono pode causar muitos efeitos colaterais.


2. Estresse

Aqueles que se masturbam com frequência podem sentir estresse porque os produtos químicos dopamina, serotonina e oxitocina são liberados durante uma sessão de masturbação, fazendo com que se sintam relaxados, mas esses mesmos produtos químicos podem produzir estresse no dia seguinte ao término da sessão.

O que quero dizer é que se uma pessoa fica viciada em masturbação e depois deixa por um dia por qualquer motivo, ela começa a se sentir estressada porque agora seu corpo está se acostumando com a liberação química. Então, se você não quer ficar estressado por não conseguir se masturbar, é preciso abandonar esse vício.


3. Depressão

O ser humano é um ser social, por isso é muito necessário interagir com as pessoas, mas quem sofre de masturbação excessiva tende a se afastar da socialização porque gosta de ficar isolado, o que abre a porta para a depressão.

Então, se você não quer cair na depressão e manter a saúde mental, abandone esse hábito. Isso o ajudará a se concentrar na socialização e a melhorar sua vida diária.


Ajuda

Depois de aprender sobre os efeitos da masturbação, como disfunção sexual, confusão mental, ansiedade social, depressão, etc., você deve agora iniciar sua nova jornada de autodescoberta em direção a uma vida sexual saudável. Abaixo estão algumas maneiras de iniciar esta jornada.

Aprenda com outras experiências.

Você pode aprender com as experiências de outras pessoas juntando-se a grupos de apoio como a comunidade Nofap ou movimentos como No Nut November, onde conhecerá pessoas como você e terá o benefício de compartilhar seus pensamentos e aprender com suas experiências.

Obtenha ajuda de um terapeuta.

Você pode obter assistência de um terapeuta sexual para melhorar seu desempenho e experiências sexuais se, por motivos pessoais, não quiser ingressar em uma comunidade ou grupo.

Leia livros e artigos.

Se você acha que tem grande força de vontade e pode superá-la sozinho, ler livros e artigos sobre os efeitos negativos da masturbação e como as pessoas lidam com ela o ajudará a lidar com o problema.


Conclusão

As pessoas consideram erroneamente que, ao assistir pornografia, estão adquirindo um conhecimento profundo sobre o sexo e, adicionalmente, diminuindo o nível de estresse, o que contribui para um estilo de vida sexual saudável.

Mas o que falta a eles é o fato de que tudo isso é apenas um show, e pode parecer bom por fora, mas esse método de alívio do estresse os está corroendo por dentro, pois a masturbação excessiva está prejudicando seu desempenho sexual junto com seus outros. saúde mental e física.

Porque causa disfunção sexual, sentimento de culpa, declínio da função cognitiva e também pode levar alguém à depressão. Portanto, se você deseja viver uma vida melhor, melhorar seu desempenho sexual e se salvar de outros efeitos psicológicos e de saúde mental, considere deixar esse vício para trás.

Deixar esse vício para trás não só o ajudará a obter benefícios para a saúde, mas também a aumentar o foco e a energia e lhe dará tempo para socializar, para que não se sinta um pária. Para deixar esse vício, você pode ingressar em um grupo de apoio Nofap ou movimento como No Nut November ou No Shave November. Você também pode procurar assistência especializada de um terapeuta sexual.


Perguntas frequentes 

Quais são as vantagens de parar de se masturbar?

Desistir da pornografia pode ajudá-lo a ter níveis mais elevados de testosterona, boa qualidade de esperma, maior contagem de espermatozoides e melhor saúde sexual. Também aumentará seu desejo sexual e desejo de se envolver em atividades sexuais. Além disso, eliminará a ansiedade social, melhorará a atenção e a concentração e evitará a confusão mental.

Como posso reiniciar minha vida sexual?

Para reiniciar a atividade sexual e reduzir a tensão sexual em sua vida, o primeiro passo que você deve dar é abandonar o vício em pornografia. Você pode ingressar em grupos de apoio como a comunidade Nofap e No Nut November, ou obter ajuda de um terapeuta sexual. Eles o ajudarão a colocar sua vida sexual de volta nos trilhos.

Qual ​​é o maior equívoco sobre pornografia?

O vício em pornografia leva a uma vida sexual saudável à medida que as pessoas ganham experiências sexuais, e também tem efeitos positivos na saúde geral de um indivíduo, pois reduz o estresse, mas, na realidade, causa tensão sexual, pois leva à ejaculação precoce e afeta negativamente o bem-estar emocional de um indivíduo.

What’s your Reaction?
+1
0
+1
0
+1
1
+1
0

Sobre BlockerX

BlockerX é um aplicativo de bloqueio de conteúdo adulto para Android, iOS, desktop e Chrome. Além de bloquear conteúdo adulto, o BlockerX também possui uma forte comunidade de 100.000 membros e cursos que ajudam você a resolver seus problemas de pornografia, um passo de cada vez.

Postagens Relacionadas

Sobre BlockerX

BlockerX é um aplicativo de bloqueio de conteúdo adulto para Android, iOS, desktop e Chrome. Além de bloquear conteúdo adulto, o BlockerX também possui uma forte comunidade de 100.000 membros e cursos que ajudam você a resolver seus problemas de pornografia, um passo de cada vez.