A masturbação é considerada Haram?

  • Avaliado por Priyanka Bhattacharjee, psicólogo clínico licenciado e praticante

A masturbação é Haram no Islã? É permitido? A falta de informação está fazendo mais mal do que bem à nossa comunidade. É hora de ter essa conversa. Tirando todas essas dúvidas de uma vez por todas.

O tema da masturbação ainda é um grande tabu em todo o mundo. A falta de informação e conversa sobre isso torna especialmente difícil para os jovens serem devidamente informados sobre isso. Como resultado disso, muitos não sabem o que é certo e o que é errado.

1. O que é masturbação de acordo com o Islã?

A masturbação é a experiência do orgasmo sexual produzido pela autoestimulação para excitação e prazer sexual. No mundo moderno de hoje, esse é um conceito muito comum.

Mais de 75% dos adultos em todo o mundo confessaram que se se masturbaram em algum momento de sua vida vida pelo menos uma vez. Uma parte dessa população também é muçulmana. Especialmente jovens muçulmanos.

A masturbação é um ato de autogratificação instantânea. Ultimamente, surgiram cada vez mais pesquisas e artigos a favor da masturbação.

Os especialistas acreditam que a masturbação, quando feita com moderação, é realmente muito saudável. Diz-se que melhora a saúde mental, física e sexual e pode tornar as relações sexuais com nossos parceiros ainda melhores. Mas, isso é realmente o caso? Vamos descobrir o que o Islã tem a dizer.

2. O que o Alcorão e o Hadith dizem?

masturbação haram

Não há nenhum verso claro no Alcorão ou hadith que diga abertamente que a masturbação é haram. Mas há versículos que implicam isso. Aqui estão alguns deles:

Allah, o Todo-Poderoso, diz no Sagrado Alcorão, Capítulo 17, Sura Israa versículo 32: “Nem chegue perto do adultério, pois é uma coisa muito indecente e um caminho muito perverso.” A maioria dos estudiosos admite que a masturbação é um dos eventos que levam ao adultério. Então, Allah proíbe todos os caminhos que levam ao adultério.
Allah, o Todo-Poderoso, diz no Sagrado Alcorão, Capítulo 17, Sura Israa versículo 32: “Nem chegue perto do adultério, pois é uma coisa muito indecente e um caminho muito perverso.” A maioria dos estudiosos admite que a masturbação é um dos eventos que levam ao adultério. Então, Allah proíbe todos os caminhos que levam ao adultério.
“Aqueles que guardam seus órgãos sexuais, exceto com seus cônjuges ou aqueles que possuem suas mãos direitas, pois (em relação a eles) eles são irrepreensíveis. Mas aqueles que desejam algo além disso são transgressores.” (Al-Mu’mun: 5-7).

A posição de que a masturbação é haram não é absoluta. Existem diferentes opiniões sobre o assunto. Alguns estudiosos e madhabs o regem como haram, outros dizem que não é apreciado (makruh), enquanto outros dizem que é permitido em certas circunstâncias.

Alguns estudiosos usaram a primeira citação mencionada como a favor da masturbação ser permitida. Quando na Sura Israa versículo 32 foi dito: “Nem chegue perto do adultério, pois é uma coisa muito indecente e um caminho muito mau”. Os estudiosos usaram esta fase para assumir a seguinte posição.

A posição se baseia no significado de que guardar as próprias partes íntimas pode implicar em si mesmo (masturbação). Um assunto semelhante que muitas vezes ouvimos é haram é o sexo oral, mas mais uma vez não há comandos claros referindo-se ao sexo oral ser impuro ou não.

O Profeta (SAAS) nos ensinou que apenas dois atos sexuais são haram: sexo anal e sexo durante a menstruação. Se o Profeta deixou isso explícito e não mencionou sexo oral ou masturbação, então talvez esses atos não tenham sido ditos, pois requerem uma interpretação baseada no contexto. Alá sabe melhor. No entanto, esta opinião é mantida apenas por uma minoria muito pequena.

A masturbação e tudo a ver com isso não são considerados puros sob o Islã. A maioria dos estudiosos ao redor do mundo acredita fortemente nisso.

Leia mais: Guia do muçulmano para lidar com a pornografia

3. Masturbação vs. Pornografia

Na maioria das vezes, o ato de masturbação geralmente envolve pornografia. Qualquer coisa relacionada à pornografia é estritamente considerada haram no Islã.

O Islã nos proibiu todos os tipos de atos e palavras hediondas e vergonhosas. A pornografia é um desses atos vergonhosos, se não em cima deles. A falta de vergonha vem em formas verbais e de ação.

Vulgaridade é falta de vergonha. A grosseria é falta de vergonha, assim como todo ato hediondo. Mas cometer Zina é uma falta de vergonha que arruína todas as sociedades humanas em segredo. E uma das coisas que levam a isso é a pornografia.

Mufti Menk disse: “É fundamental que a promoção do sexo no domínio público seja proibida no Islã, exceto quando é por uma boa causa, para casais problemáticos ou para fins educacionais justos.

Isso porque instiga aqueles que não podem pagar o casamento a cometer assédio, fornicação e pior ainda; estupro.” Assim, o Islã nos ordena a ficar longe de qualquer coisa que possa nos levar à fornicação/adultério.

Imaam Ibn Hajar Al-Haytami disse: “Olhar com desejo para uma mulher não-Mahram com medo de cair em um ato pecaminoso é um pecado grave, então assistir a vídeos pornográficos, a fortiori, é um pecado grave; esses filmes obscenos permitem ao espectador ver mulheres não Mahram que ele não pode ver em nenhum outro lugar, exceto com dificuldade.

Além disso, o espectador vê essas cenas obscenas repetidas vezes, o que tem repercussões malignas; quando alguém assiste a esses filmes pornográficos, geralmente leva à excitação sexual e isso leva o espectador a cometer inúmeros pecados, como masturbação e fornicação.

4. Como evitar esse pecado

Masturbação é haram no Islã. Pesquisadores muçulmanos que apresentaram seus estudos apóiam isso. Estudos que provam que a masturbação realmente não é boa para sua saúde. Na verdade, é altamente viciante e causou danos irreversíveis nos nervos em alguns casos extremos.

Existem vários meios que ajudam a abster-se de praticar a masturbação. Alguns dos quais são:

– Muitos estudiosos sugerem que se casar e manter relações saudáveis com seu cônjuge é a melhor maneira de evitar este pecado.

– Moderação na comida e bebida que contribui para estimular o desejo sexual. A esse respeito, o Profeta (que a paz e as bênçãos estejam com ele) recomendou o jejum de acordo com suas palavras: “Ó jovens, quem de entre vocês puder pagar, que se case, pois na verdade é um meio de baixar o olhar e proteger a castidade. E quem não pode deixá-lo jejuar, pois será um escudo para ele.”

– Abster-se de qualquer coisa que desperte o desejo sexual. Como ouvir músicas imorais e assistir a imagens obscenas que estão disponíveis em abundância nos filmes. Você pode instalar um aplicativo de bloqueio de pornografia que pode bloquear todo o conteúdo obsceno para você.

– Direcionar as faculdades estéticas de alguém para canais permitidos, como pintar flores e paisagens naturais que não despertam a luxúria sexual.

– Escolher companheiros virtuosos e piedosos. Quem você escolhe para ser amigo é muito importante.

– Dedique-se a servir a um propósito maior. Passe algum tempo aprendendo e incutindo conhecimento islâmico em sua vida.

Espero que essas dicas ajudem você, mesmo que seja no mínimo. Se você tiver mais perguntas ou dúvidas sobre este assunto, deixe-as nos comentários. Teremos o maior prazer em ajudar.

Conclusão

Em conclusão, o tópico sobre se a masturbação é considerada haram ou permissível no Islã é complexo e cheio de nuances. Embora não haja menção explícita à masturbação no Alcorão, os estudiosos derivaram várias interpretações dos ensinamentos islâmicos para formar suas opiniões.

Alguns estudiosos argumentam que a masturbação é proibida com base nos princípios de manter a castidade, evitar a gratificação sexual fora do casamento e preservar a santidade das relações sexuais dentro dos limites de um casamento legal. Eles acreditam que a autoestimulação vai contra esses princípios e pode levar a consequências negativas, como dependência e uma fixação doentia em desejos sexuais.

Por outro lado, alguns estudiosos têm uma visão mais branda, citando a ausência de proibição direta em textos religiosos e destacando a importância de entender a natureza humana e a necessidade de saídas para satisfazer os desejos sexuais. Eles argumentam que se a masturbação é vista como um mal menor em comparação com o envolvimento em atividades sexuais ilícitas, pode ser considerada permissível em certas circunstâncias.

É importante notar que as interpretações individuais podem variar, e as crenças pessoais desempenham um papel significativo na forma como alguém percebe esse assunto. Os muçulmanos que buscam orientação sobre este tópico são encorajados a consultar estudiosos experientes e confiáveis que possam fornecer orientação com base no contexto e nas circunstâncias específicas.

É importante notar que as interpretações individuais podem variar, e as crenças pessoais desempenham um papel significativo na forma como alguém percebe esse assunto. Os muçulmanos que buscam orientação sobre este tópico são encorajados a consultar estudiosos experientes e confiáveis que possam fornecer orientação com base no contexto e nas circunstâncias específicas.

Em última análise, cada indivíduo deve examinar cuidadosamente suas intenções, valores e o impacto de suas ações em seu bem-estar físico, emocional e espiritual. Engajar-se em um diálogo aberto, buscar conhecimento e se esforçar para alinhar suas ações com os princípios islâmicos ajudará os indivíduos a fazerem escolhas informadas sobre suas vidas pessoais e ética sexual.

Vamos ver as perguntas mais frequentes!

1. Que porcentagem global de pessoas confessou ter se masturbado pelo menos uma vez?

Mais de 75% dos adultos em todo o mundo confessaram que se masturbaram em algum momento de suas vidas pelo menos uma vez.

2. O que o Profeta (SAAS) nos ensina como haram?

O Profeta (SAAS) nos ensinou que apenas dois atos sexuais são haram: sexo anal e sexo durante a menstruação.

3.O que significa Zina?

Zina significa adultério

Islam commands us to stay clear from anything that could lead us to fornicati4. O que o Islã nos ordena?on/adultery.

O Islã nos ordena a ficar longe de qualquer coisa que possa nos levar à fornicação/adultério.

5. Como podemos evitar a masturbação?

Abster-se de qualquer coisa que desperte o desejo sexual.

What’s your Reaction?
+1
0
+1
0
+1
1
+1
0

Bhanu Shree

Bhanu Shree is a seasoned psychologist with over five years of specialized experience in child and adolescent psychology, particularly in addressing learning difficulties and ADHD. A respected mentor in mental health, she offers transformative guidance to adolescents facing various psychological challenges. Beyond her clinical expertise, Shree is an acclaimed author, contributing insightful perspectives on addiction and youth mental health issues. Her work is widely recognized for treatment in the mental health field.